Quer dormir melhor? Atente-se ao que você faz durante o dia

by | 28/10/21 | Medicina do Sono

A qualidade do sono depende de hábitos e comportamentos saudáveis. Por isso, se você deseja dormir melhor é importante prestar atenção ao que você faz durante o dia. 

Uma pessoa que dorme mal pode se sentir cansada, improdutiva e com dificuldades de se concentrar no dia seguinte. É importante ressaltar que ter uma noite mal dormida de vez em quando é normal, porém, quando problema é frequente pode afetar a saúde como um todo.

Cuidar do sono é tão importante quanto cuidar da alimentação e da rotina de exercícios. 

Nesse texto, listamos 5 iniciativas básicas para começar a ter uma boa qualidade de sono e 5 coisas que você não deve fazer se deseja dormir melhor. Continue a leitura!

Para dormir melhor: 5 iniciativas básicas

1. Busque manter regularidade nos horários de dormir

É natural que o corpo se acostume a horários que se repetem, por isso é interessante definir um horário para dormir que você possa cumprir regularmente.

2. Reserve a cama para o descanso

Evite ler, trabalhar, assistir filmes ou TV na cama. É importante que o quarto esteja associado ao momento de dormir, e não gere muitas distrações.

3. Mantenha o ambiente do quarto agradável, com temperatura adequada e sem poluição sonora

Conforme mencionado no tópico anterior: o quarto deve estar associado ao momento de dormir. Por isso, o ideal é que o ambiente seja agradável, sem luzes fortes e silencioso. 

4. Invista em um colchão e travesseiros de qualidade

Não adianta seguir todos os passos para dormir melhor, se o seu colchão e travesseiros são incômodos para você. É importante que eles sejam confortáveis e adequados ao seu corpo, para que você fique com a coluna, pescoço e cabeça alinhados.

Pessoas com problemas de coluna, por exemplo, podem precisar de colchões especiais.

5. Tente finalizar seu dia algumas horas antes de ir dormir

Assim como é necessário preparar o ambiente para dormir, também é fundamental preparar o corpo para o descanso. Busque encerrar suas tarefas cerca de 2h antes de ir para cama, para que o organismo possa relaxar até lá.

Para dormir melhor: 5 coisas que você não deve fazer

1. Evite alimentos, medicações e drogas estimulantes próximas da hora de dormir 

Por exemplo, limitar bebidas com cafeína, álcool, alimentos com excesso de açúcar e tabagismo.

2. Evite exercícios físicos vigorosos próximos ao horário de dormir

Praticar atividades físicas regularmente é essencial para a saúde e inclusive beneficia o sono. Porém, busque praticá-las algumas horas antes do seu horário de dormir. 

3. Evite mudar radicalmente os horários de dormir e acordar no final de semana

Constância é uma peça chave no processo para dormir melhor. Crie sua rotina de sono e busque cumprí-la como se fosse um compromisso!

4. Evite assistir programas violentos ou excessivamente estimulantes próximo ao horário de dormir 

Qualquer situação muito estimulante perto do horário de dormir pode prejudicar o sono e isso inclui filmes e programas de TV. Por exemplo, se você fica nervoso ou agitado com alguma cena que está por vir em uma série de suspense, seu cérebro fica mais ativo também. 

O ideal é fazer atividades mais relaxantes nesse momento, como ler um livro ou escutar músicas tranquilas.

5. Cochilos diurnos devem ter no máximo 40 minutos, e não devem ser feitos por pessoas com insônia

Um cochilo de 40 minutos pode ser restaurador. Entretanto, para a pessoa com insônia, dormir um pouco no meio da tarde pode dissipar a pressão do sono que se acumularia até a noite. Sendo assim, pode ser ainda mais difícil adormecer no horário adequado.

Conte com os profissionais da Somed

Estas são orientações gerais que servem para qualquer indivíduo. Porém, se você tem problemas de sono e deseja dormir melhor, procure o médico especialista em sono para realizar o diagnóstico adequado e iniciar o tratamento específico para o seu caso. Os profissionais da Somed podem te ajudar! Entre em contato e agende uma consulta.

Polissonografia: como funciona e para que serve?

Polissonografia: como funciona e para que serve?

Você sabia que enquanto você dorme diversas áreas do seu cérebro controlam o sono e influenciam seus diferentes estágios? A polissonografia, também conhecida como estudo do sono, é a monitorização dessas diversas funções do organismo realizada enquanto o paciente está...

Existe relação entre ronco e ganho de peso?

Existe relação entre ronco e ganho de peso?

O ronco e o ganho de peso podem sim estar relacionados, afinal o ronco é um distúrbio respiratório do sono comum que, em muitos casos, está relacionado ao sobrepeso. Além disso, sono e alimentação possuem uma relação importante. Continue a leitura e saiba mais! Sono e...

Quais são as causas da falta de ar?

Quais são as causas da falta de ar?

A falta de ar ou dispneia é uma sensação caracterizada pela dificuldade intensa de respirar, que pode ter origens muito diversas. Em geral, é um sintoma que causa muita angústia no paciente, afinal, pode ser sinal de algum problema sério - como a infecção por...

É possível prevenir a pneumonia?

É possível prevenir a pneumonia?

As pneumonias são infecções que atacam os pulmões e causam inflamação. No Brasil, as pneumonias bacterianas representam uma das principais causas de internação. O que muitas pessoas não sabem, é que existem alguns cuidados que podem ajudar a prevenir a...

O que é e como tratar sinusite crônica?

O que é e como tratar sinusite crônica?

A sinusite é caracterizada pela inflamação das mucosas do nariz e seios paranasais. Quando essa inflamação persiste por mais de 12 semanas, a condição é considerada crônica. Nesse texto você irá conhecer os principais sintomas e entender como tratar sinusite crônica....