Câncer de pulmão

O termo câncer de pulmão é composto por um conjunto de tumores malignos localizados no pulmão. Independente do tipo histológico, o tabagismo é o principal fator de risco, sendo responsável por 90% dos casos.

Entre os principais sintomas estão: tosse, sibilos, dor no tórax, escarros hemópticos (escarro com sangue) e dispnéia (falta de ar).

A melhor maneira de diagnosticar o câncer de pulmão é através de um raio-X do tórax complementado por uma tomografia computadorizada. A endoscopia respiratória (broncoscopia), às vezes deve ser realizada para avaliar a árvore traquebrônquica e, eventualmente, permitir a biópsia.

Para o tratamento do câncer de pulmão existem três alternativas: cirurgia, radioterapia e quimioterapia. A indicação de cada modalidade terapêutica está vinculada ao estágio em que a doença se encontra. Em alguns casos, estes métodos podem ser associados para obter o melhor resultado.