Sonambulismo

O sonambulismo é um despertar incompleto, onde uma parte do cérebro desperta sem a consciência do fato, o que faz com que ela ao acordar não recorde do ocorrido ou do que fez. Os movimentos são em geral restritos ao leito e de baixa amplitude, mas podendo haver reações de fuga, ataque, ou até dirigir.

Ocorrem em geral na primeira metade do sono. Sem sintomas autonômicos associados (Sudorese, ou taquicardia), ou expressão de medo.

Comum em crianças (1 a 17%) tendo o pico na fase de transição para a adolescência (11-12anos).  Podendo ocorrer em cerca de 4% dos adultos.

Sua duração é variável, desde poucos segundos até vários minutos. Se o sono não for interrompido, o episódio de sonambulismo termina espontaneamente, e a criança continua a dormir em estágios profundos de sono.

Na maioria dos casos nenhum tratamento é necessário. O sonâmbulo e a família devem ser orientados de que estes eventos raramente indicam problemas médicos ou psiquiátricos sérios. Nas crianças os episódios de sonambulismo tendem a diminuir com a idade.

Sonambulismo que começa na idade adulta deve ser cuidadosamente investigado.