Teste de broncoprovocação

O teste de broncoprovocação consiste na realização de exames seriados de espirometria após a inalação de doses crescentes de alguma substância específica, seguindo protocolos já previamente estabelecidos pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e American Thoracic Society. Na Somed, a substância utilizada é a metacolina, que é segura e rapidamente eliminada pelo organismo.

A Somed conta com um moderno aparelho para realizar a broncoprovocação (Sistema APS da Jaeger), que conta com um dosímetro computadorizado que fornece as nebulizações de forma segura e fidedigna.

 

Por que este exame foi indicado? 

O objetivo deste teste é detectar uma alteração chamada “hiperresponsividade brônquica”. A hiperresponsividade brônquica  uma das características da asma, porém não é específica desta doença, podendo ocorrer em outras situações como em estados infecciosos e após exposição ambiental a determinados alérgenos (agentes capazes de produzir alergias).

As principais indicações deste teste estão na investigação de tosse crônica ou suspeita de asma, também para alguns casos de investigação de dispnéia (falta de ar).

 

Quais os cuidados na realização deste exame? 

Este exame é capaz de detectar alterações nos valores resultantes após as inalações, porém não é a intenção do teste causar crise de asma, isso raramente ocorre pois o exame é supervisionado. O surgimento de sintomas respiratórios durante o teste é complicação rara, sendo rapidamente revertido com o uso de substâncias broncodilatadores ou espontaneamente. Na Somed, o teste só é realizado quando o médico responsável encontra-se presente na Clínica.